03 dezembro, 2022

Saber esperar


Por vezes somos muito exigentes com a vida e com os outros.
Não vale a pena desgastarmo-nos, porque  não adianta.
O segredo é saber esperar. Tudo acontece no momento certo.


Foto e texto
Ailime
16.11.2019


 

24 novembro, 2022

Simples palavras

 


Nas tempestades da vida há sempre espaço para contemplar, amar, perdoar e sonhar!
Não tenha medo de ser feliz.



Texto e foto
Ailime

14 novembro, 2022

Na luz do outono

 


Há sempre uma claridade em cada estação, em cada etapa da vida.
Não deixemos que as sombras esmoreçam os nossos sentimentos, os nossos desejos, as nossas esperanças!
Na luz do outono saibamos encontrar o sentido para a vida.


Texto e foto
Ailime

07 novembro, 2022

No outono

 

Lagoa Azul (Serra de Sintra)


No outono o vento não arrasta apenas as folhas;
 oferece-nos também páginas de esperança.



Texto e foto
Ailime

28 outubro, 2022

Felicidade




Por vezes não vemos ou não queremos entender
 que a felicidade está tão próxima de nós.
Basta  apenas enxergar para que um sorriso
 nos ilumine o rosto.



Texto e foto
Ailime
28.10.2022

21 outubro, 2022

A Luz


Apesar das intempéries há sempre a esperança
 da Luz que persiste.


Texto e foto
Ailime

  

13 outubro, 2022

Memórias

Rio Tejo

O rio e as margens a desenharem no horizonte os ecos do tempo que inexoravelmente se finam no ocaso. Aqui, onde tudo se iniciou, onde tudo se vai desvanecendo, onde guardo as minhas memórias.

Texto e foto
Ailime

07 outubro, 2022

A Luz

 


Hoje quando acordei abri a janela e deixei que o sol afagasse o meu coração.
 Acreditem, depois de uma noite escura é possível a Luz!



Texto e foto
Ailime

30 setembro, 2022

Ao entardecer

  



Ao entardecer, quando o sol adormece no horizonte, a natureza aquieta-se e, por instantes, o murmúrio das águas ecoa no som do silêncio o bálsamo da paz. 


Texto e foto
Ailime

23 setembro, 2022

Chegou o outono...

 

Há sempre uma claridade em cada estação, em cada etapa da vida.
Não deixemos que as sombras esmoreçam os nossos
 sentimentos, os nossos desejos, as nossas esperanças!
Na luz do outono saibamos encontrar o sentido para a vida.

Texto e foto
Ailime